quinta-feira, 11 de junho de 2009

Missing somethings...

Para começar, vou dizer porque criei esse blog.
Primeiro motivo: eu gosto de escrever, assim, só por prazer pessoal mesmo.
Segundo: eu tenho alguns acessos momentâneos e sempre desconto no pobre Word, então achei mais interessante criar um blog pra isso.
E terceiro, e último motivo: já me disseram que seria legal criar um blog porque algumas pessoas gostam de ler o que eu escrevo.

Mas agora vamos para o que interessa... Um post meio nostalgico.
Eu simplesmente gostaria de saber porque as coisas boas não podem simplesmente ficar nas nossas vidas.
Sim, eu sinto falta de MUITAS coisas que aconteceram comigo há algum tempo, coisas, pessoas, momentos, falas, tudo. E é extremamente irritante e frustrante saber que algumas coisas podem nunca mais voltar a ser como eram antes.
Eu sei que pode parecer estranho, mas nesse momento eu estou sentindo falta de um amigo.
Sim, uma pessoa que eu tinha muita afinidade, e gostava muito, aliás, ainda gosto. Sabe aquela pessoa que você fica horas e horas conversando e mesmo assim sempre há um assunto pra continuar a conversa? Aquela pessoa que fica até as 6:00 horas da manhã conversando com você sem se quer se incomodar? Aquela pessoa que você se sente livre e confortável de revelar seu segredos mais estranhos e constrangedores? Aquele que faz com que você se sinta bem, mesmo que seja com uma brincadeirinha típica no msn? Aquela pessoa que parece lhe salvar de um mundo desinteressante e tediante apenas dizendo um "oi"?
Por que as coisas mudaram tanto? Eu não queria que tudo o que foi dito fosse esquecido, porque eu guardo na memória tudo, absolutamente tudo que foi dito e prometido e não foi cumprido.
Eu tinha jurado pra mim mesma que não seria assim,que eu não deixaria a amizade acabar e que eu não seria fraca para me entregar a um sentimento imaturo e envolvente, mas não somos donos do nosso coração na maioria do tempo...
Para aqueles que não sabem do que eu estou falando, só posso dizer que estão perdendo sensações e sentimentos maravilhosos.
Mas certamente há aqueles que entendem, e passam pela mesma situação, chata.
É horrível saber que há alguns meses nós eramos tão próximos, tão amigos, tão confidentes, e agora parecemos estranhos... Eu chego até a pensar que é um problema comigo, pois as coisas mudaram tão radicalmente e de repente.
O que aconteceu?
Essa é a pergunta que fica rondando minha cabeça, e mesmo depois de horas eu continuo sem respostas...
E se me perguntarem se eu me arrependo de ter feito algumas coisas que podem ter causado a situação que estamos agora, eu digo clara e bravamente que não, eu faria tudo de novo, e exatamente da mesma forma.
Mas acho completamente injusto ganhar um "amante" e perder um amigo.
Por que as pessoas precisam mudar tanto depois que passam alguns dias mais próximos que antes? Só por que trocaram uns beijos e etc? Não é como se o mundo tivesse acabado, a amizade ainda pode continuar. A amizade tem que continuar.
Mas não é isso que acontece, não é o que aconteceu comigo, conosco.
Confesso que foi por covardia de minha parte que muitos sentimentos não foram revelados e muita mágoa foi gerada, mas não foi culpa somente minha, sejamos justos.
Eu sinto falta do meu amigo, sinto sua falta. E como diria uma música de uma banda chamada From First To Last "Note to self: I miss you terribly, this is what i call a tragedy."
Eu poderia dizer muito mais, mas acho que só isso já é o suficiente para descrever o que eu estou sentindo agora, mesmo sabendo que você nunca lerá isso...
"I was losing myself to somebody else, but now I see: I don't wanna pretend, so this is the end of you and me. Because the girl that you want, she was tearing us apart, because she's everything I'm not."