segunda-feira, 26 de outubro de 2009

I told you I was trouble...

Hoje me deu vontade de postar novamente, incrível né? Chame de milagre se preferir! haha
Mas vamos ao mar de palavras que inunda esse blog quando a autora monótona dele se inspira...

Sinceramente eu estou num daqueles momentos da vida em que você sabe que está fazendo algo (e tem um pressentimento que isso talvez lhe acarrete coisas "complicadas" no futuro), que você não faz por querer, mas que ainda sim lhe parece errado.
Eu nunca gostei de enganar ninguém, nem que fosse pela minha diversão, mas não sei porque agora eu sinto que estou enganando alguém, dando falsas esperanças para algo que sinceramente eu não acho que irá acontecer nessa vida... E pra piorar estou fazendo isso com duas pessoas...
Novamente afirmo que não é por querer, eu simplesmente não estou disposta a abandonar duas amizades nas quais eu me sinto bem porque eu acho, e apenas acho, que a pessoa quer algo mais comigo. Eu acho que eu faço suposições demais e ajo de menos...
Porém é como eu disse, eu não vou parar de tratar bem uma pessoa, ou parar de conversar com ela sendo que eu gosto de conversar com a mesma, só porque eu "acho" que talvez essa pessoa esteja confundindo as coisas. Eu não quero fazer esse tipo de coisa e nem gosto de fazer, então eu não sei bem o que fazer nessas situações.

Eu juro que eu tento me fazer de "bobinha desentendida" o máximo que eu puder, mas odeio admitir que um "amigo" meu esteja gostando de mim, é estranho, esquisito e quase inaceitável já que eu sempre acabo machucando as pessoas que gostam de mim por não saber retribuir o sentimento e eu me sinto mal por ser assim, sério...

E eu sinceramente queria ter uma saida para esse tipo de situação, mas eu não sei o que fazer, eu definitivamente não sei escolher entre duas coisas (ainda mais quando são duas coisas não concretas, só suposições), eu odeio escolhas porque eu odeio a idéia de que eu vou escolher algo mas perder algo também, isso é praticamente um tapa na cara pra mim.

Bom, era isso que eu queria "desabafar", mas como sempre não cheguei a conclusão nenhuma, só que eu sou uma megera insensível e que não sabe fazer escolhas, sou fraca mesmo rapá, me deixem!:( hahaha
Adios marujos lindinhos :)